O município de Beberibe (78 km de Fortaleza) anunciou ontem que não deverá realizar a festa de Carnaval com recursos próprios. A justificativa pelo cancelamento é a previsão pessimista da Funceme em relação às chuvas no Estado e a recomendação do TCM. De acordo com nota, o governo diz que deverá investir em política de combate à seca.
Além de Beberibe, Bela Cruz, que gastaria R$ 93 mil na festa, e Viçosa do Ceará, que investiria R$ 150 mil, também desistiram dos festejos. Já o município de Icapuí, que ainda estava indefinido, decidiu por realizar as festividades lançando edital no valor de R$ 327.637,57. O município de Granja retificou o valor e agora deve gastar mais do que o previsto, alterando de R$ 360 mil para R$ 440.900.
Ao contrário do que foi publicado na edição impressa do O POVO da última terça-feira, 27, com dados do TCM, a prefeitura de São Benedito afirmou que o valor designado pelo órgão não é o que deve ser gasto no evento carnavalesco de 2015. A economia deve girar em torno de 70% dos quase R$ 900 mil gastos em 2014.

(O Povo)