O INSS bloqueou nesta terça-feira (27) o benefício de 18 falsos aposentados que tinham idade adulterada para se passarem por pessoas de 65 anos em uma agência de Fortaleza. A fraude foi descoberta na operação Shiwaco, da Polícia Federal. De acordo com o delegado Welington Santiago, uma mulher, com apoio de uma servidora do INSS, falsificava os registros no sistema previdenciário.

O grupo investigado escolhia pessoas e oferecia benefícios obtidos mediante a alteração da idade dos requerentes para 65 anos, idade exigida para aposentadoria, conforme previsto em lei.

“Nós aprofundamos as investigações e as buscas apontam para a mesma fraudadora, que pode ter o pedido de prisão em um segundo momento. Quem tiver auferido vantagem indevida poderá ser responsabilizado também”, explica o delegado. Segundo a Polícia Federal, 18 pessoas recebiam o benefício de Amparo Social ao Idoso, gerando um prejuízo de R$ 38 mil, desde 2012.

Com a operação, que cumpriu dois mandados de busca e apreensão, a Polícia Federal diz que a Previdência já realizou uma economia mensal de R$ 12 mil. A operação Shiwaco foi iniciada há três anos e investiga a possível participação de mais pessoas envolvidas no esquema de recebimento fraudulento de benefícios do Governo Federal.

(G1 Ceará)

Anúncios