Católicos e umbandistas celebraram neste feriado o Dia de São Sebastião, padroeiro da cidade, e Oxossi – que corresponde ao santo na umbanda, pelo sincretismo religioso . Na Igreja dos Capuchinhos, o cardeal arcebispo do Rio, dom Orani João Tempesta celebrou missa e convocou os fiéis a participar do movimento de solidariedade às vítimas das chuvas na Região Serrana. A vice-presidente do Movimento Umbanda do Amanhã (MUDA), Marilena Mattos, também lembrou da tragédia das chuvas.

– Temos que seguir o exemplo de São Sebastião, que foi um guerreiro e não abandonou sua fé em Deus. Por isso, temos de ir ao encontro dos sofredores, para levar alento, paz e ânimo – disse dom Orani.

– É uma data muito importante para nós umbandistas e moradores do Rio de Janeiro. Vamos pedir a Oxossi que abençoe todas as vítimas das chuvas da Região Serrana – pediu Marilena Mattos.

Gira para Oxossi

Na Zona Oeste e na Baixada Fluminense, houve giras para Oxossi. À tarde, a festa aconteceu na Tenda Espírita Caboclo Flecheiro, em Santíssimo. No início da noite, no centro espírita Casa de Cláudia, em São João de Meriti.

– Vamos louvar nosso pai Oxossi, lembrando sempre que o orixá nos oferece sua energia através da natureza. Vamos agradecer a força desse orixá em nossas vidas com coerência, não poluindo as matas e cachoeiras. É com respeito e muita harmonia com o mundo em que vivemos que pedimos a força e o axé deste nosso Grande Pai – afirma Marco Xavier, presidente do MUDA.

(Extra Online)

Anúncios