A Comissão de Controle e Gastos Públicos da OAB-CE promoveu, em parceria com a Ação Cearense de Combate à Corrupção e à Impunidade (ACECCI), o lançamento da I Marcha Contra Corrupção e Pela Vida no Ceará, na manhã desta terça-feira (6), na sede da Seccional. A I Marcha Contra Corrupção e Pela Vida no Ceará será realizada de 10 a 23 de janeiro nas cidades da Região da Ibiapaba.

“Nós, como trincheira cívica da sociedade, temos a obrigação de lutar contra a corrupção, que é uma realidade no nosso país”, afirmou o vice-presidente da OAB-CE, Ricardo Bacelar, na solenidade de lançamento. Segundo Bacelar, a questão da corrupção deve ser criminalizada, pelo mal que ela causa à sociedade, “pois quando as verbas são desviadas, quem sofre é o trabalhador assalariado”, disse. “As penas devem ser maiores para os crimes de corrupção, a fim de que antes de desviar dinheiro público, as pessoas pensem duas vezes”, completou.

De acordo com o presidente da Comissão de Controle Social dos Gatos Públicos da OAB-CE, Harley Ximenes, esse movimento se faz necessário mediante os crescentes escândalos que temos visto envolvendo dinheiro público. “Essas ações que estão sendo realizadas desde 2001 têm o objetivo de controlar os gastos, para que toda a sociedade seja assistida da forma correta, de acordo com os seus direitos”, salientou.

O 2º vice-presidente da Comissão, Moaceny Felix, destacou que é fundamental que o ano comece com atividades como esta, de grande relevância. Na ocasião, Moaceny também ressaltou que a corrupção é um problema que está em todo o mundo, e que para ser combatida é preciso que os movimentos não fiquem apenas nas denúncias, “é preciso realizar uma apuração mais rigorosa dos gastos, uma fiscalização”.

Na oportunidade, o presidente da Ação Cearense de Combate à Corrupção e à Impunidade (ACECCI), Francisco de Assis, falou sobre o trabalho da instituição e contou a história do movimento, salientando as dificuldades encontradas ao longo do tempo. Fernandes caracteriza a Marcha Contra a Corrupção como um ato extremo para chamar a atenção da sociedade que se mostra omissa e acostumada com os problemas de corrupção.

A solenidade foi acompanhada pelo vice-presidente da OAB-CE, Ricardo Bacelar; pelo presidente da Comissão de Controle Social dos Gastos Públicos, Harley Ximenes; pelo vice-presidente da Comissão, Reginaldo Vilar; pelo 2º vice-presidente Moaceny Felix; pelo presidente da Subseção da Região Metropolitana de Fortaleza, Raphael Pessoa Mota; e pelo presidente da ACECCI, Francisco de Assis, além de representantes da sociedade civil organizada.

Confira o calendário da Marcha:

11 a 13 de Janeiro – Viçosa do Ceará

14 e 15 de Janeiro – Tianguá

16 e 17 de Janeiro – Ubajara

18 e 19 de Janeiro – Ibiapina

20 e 21 – São Benedito

22 e 23 – Guaraciaba do Norte

Via http://oabce.org.br