No aniversário de 154 anos da Caixa Econômica Federal, o Sindicato dos Bancários do Ceará fará ato em defesa da sua manutenção 100% pública, no próximo dia 12/1 (segunda-feira), na agência Praça do Ferreira, a partir das 9 horas. Os bancários rejeitam o anúncio feito pela presidenta Dilma Rousseff, que disse “vou abrir o capital da Caixa”, em entrevista no dia 22/12, no Palácio do Planalto.

Segundo o presidente do Sindicato, Carlos Eduardo Bezerra, “não existe motivo para abrir o capital da Caixa, um banco público com extraordinário papel social. Isso só iria enfraquecer a atuação da Caixa e afetar os programas sociais do governo, pois os acionistas vão pressionar para aumentar os lucros, para gerar dividendos, colocando em segundo plano o seu papel social”.

Outra ação em defesa da Caixa

Também em defesa da manutenção da Caixa 100% pública, o Sindicato realiza no dia 22/01 (quinta-feira), às 19 horas, na sua sede, o Seminário “Os impactos da abertura de capital da Caixa para os trabalhadores, a sociedade e políticas públicas”, com participação da Contraf-CUT,  Fenae, Sindicatos, Federações e Centrais Sindicais, bem como parlamentares.

(Sindicato dos Bancários do Ceará)

Anúncios