Beto, saudoso gerente da boate Divine

O que todos nós temíamos se confirmou nesta terça-feira (07/01), com a retirada do nome da fachada do prédio aonde funcionou por quase 15 anos, a boate Divine, a mais tradicional do Nordeste, encerrou suas atividades e entregou o imóvel que tornou-se ponto de encontro de jovens gays que viveram ali boa parte de sua juventude e aonde o movimento artístico LGBT viveu seus momentos mais áureos.

A Divine foi e sempre será lembrada pelo imenso legado que deixa para a cultura LGBT do Ceará. Nos 15 anos de atividade, grandes artistas surgiram e se projetaram no palco que levava o nome de uma das figuras mais carismáticas da casa, que era o saudoso gerente Beto.

 

As festas inesquecíveis e os concursos que movimentaram a cidade serão eternamente lembrados: Halloween, Top Drag Divine, Novos Talentos, Transformistas do ano, Transfest, e tantas outras que emocionaram o público.

Festa Hallloween da Divine 2008
Concurso Top Drag Divine 2007

CHÃO DE ESTRELAS:

Outra tradição da Divine foi o incentivo e apoio aos concursos de beleza gay, com apresentação das candidatas e o Show das Coroadas, que reunia as vencedoras dos maiores concursos de nosso estado como Miss Gay Ceará, Top Gay Ceará, Garota G e Miss Beleza Gay Ceará. Criou-se assim a maravilhosa tradição de que toda miss eleita nos inúmeros concursos da cidade tinha que comparecer a casa para ser apresentada oficialmente ao público da Divine.

 

A ÚLTIMA FESTA:

Sem que o público e os próprios artistas soubessem, o The Best Off Drag foi a última festa promovida pela casa, que fechou suas portas na madrugada do dia 01 de janeiro, a exatos 27 dias de completar 15 anos. Ainda sem uma explicação oficial para clientes e amigos, sabe-se somente que a tradicional Boate Divine, situada na Rua General Sampaio 1374, no Centro de Fortaleza, já não existe mais e diante do tamanho vácuo que seu fechamento deixa na vida de quem viveu intensamente as emoções destes 15 anos e principalmente na arte transformista,  o que menos importa agora é o real motivo do que aconteceu, pois o mesmo chega a ser insignificante diante da saudade e da perda.

Via http://onixtababado.blogspot.com.br, com adaptações

Anúncios