A final do Mundial de Clubes da Fifa entre Real Madrid e San Lorenzo vai acontecer neste sábado, às 17h30 (de Brasília), no Estádio Grande, em Marrakesh, Marrocos. As duas equipes confirmaram o favoritismo nas semifinais. O Real bateu o Cruz Azul, do México, com uma goleada de 4 a 0. Os argentinos sofreram bastante para passar pelo modesto Auckland City, na prorrogação. Neste sábado, o favorito é o Real, que tem elenco milionário,  com grandes estrelas.

“Vamos trabalhar para ter o nosso melhor dentro de campo, jogando com comprometimento tático e cientes de nossas limitações. Temos uma equipe que fez grandes jogos e por conta disso nunca deve ser desprezada. Vamos enfrentar um dos melhores times do planeta, um dos elencos mais caros do mundo e temos consciência disso. Mas tenho convicção de que vamos fazer o jogo de nossas vidas e podemos ganhar”, disse o técnico Edgardo Bauza, do San Lorenzo.

O italiano Carlo Ancelotti, técnico do Real Madrid, fala em meritocracia. “Queremos esse título. Acredito que meu time merece ser campeão, pois seria a forma de fecharmos com chave de ouro um ano espetacular na história do Real Madrid.” Os jogadores também apostam na superioridade do time. “Vamos precisar nos impor e fazer uma grande partida”, disse o goleiro Iker Casillas.

O Real Madrid deverá manter a base das semifinais, mas Ancelotti pode surpreender com a entrada do meia colombiano James Rodríguez, recuperado de lesão na perna direita, na vaga de Isco. O San Lorenzo também está com o time bem indefinido.

Caso a partida deste sábado termine empatada após os noventa minutos, acontecerá uma prorrogação de trinta minutos. Persistindo a igualdade, o campeão será conhecido nas cobranças de pênaltis.

FICHA TÉCNICA

REAL MADRID-ESP X SAN LORENZO-ARG
Local: Estádio Grande, em Marrakech (Marrocos)
Horário:17h30(de Brasília)
Árbitro: Walter Lopez (Guatemala)

REAL MADRID:Iker Casillas, Daniel Carvajal, Sergio Ramos, Pepe e Marcelo; Toni Kross, Asier Illarramendi, Gareth Bale e Isco (James Rodríguez); Cristiano Ronaldo e Karim Benzema. Técnico: Carlo Ancelotti

SAN LORENZO: Sebastián Torrico, Julio Buffarini, Walter Kannemann, Mario Yepes e Emanuel Más; Juan Mercier, Gonzalo Verón, Néstor Ortigoza e Enzo Kalinski (Leandro Romagnoli); Martin Cauteruccio e Pablo Barrientos (Mauro Matos). Técnico: Edgardo Bauza

(Com agência Gazeta Press)