FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA

As primeiras 15 estações do Bicicletar – sistema de bicicletas compartilhadas de Fortaleza – já estão em funcionamento. O lançamento ocorreu na noite de ontem, na Praça Luíza Távora, na Aldeota, local com uma das estações. Balanço parcial realizado pela Serttel, empresa responsável pela operação do sistema, contabilizou que já foram feitos aproximadamente 1.100 cadastros e 400 passes foram habilitados.

 

Ao longo do dia, os primeiros usuários já faziam uso dos equipamentos. O lançamento atraiu a atenção de ciclistas já habituados e a curiosidade de pessoas como a funcionária pública Noemi Fonseca, 55, que há anos não praticava umas pedaladas. Como muitos usuários, ela recorreu aos orientadores para tirar as dúvidas. “Fiz a adesão do plano mensal. Achei ruim a necessidade de ter Internet na hora pra desbloquear a bicicleta. A gente fica exposto. No geral, adorei a iniciativa”, afirmou.

O diretor de negócios da Serttel, Peter Cabral, explicou que as bicicletas contam com ferramentas anti-furto. “Elas são monitoradas por chips e têm dispositivos de segurança que impedem a retirada de peças”, garantiu. “Atuamos em outras capitais e nunca tivemos dificuldades com roubos, furtos ou vandalismo”.

 

Até fevereiro do próximo ano, 40 estações deverão estar instaladas na Capital. O prefeito Roberto Cláudio (Pros), durante a inauguração, declarou que outras 20 estações serão implantadas ao longo do primeiro semestre. “Hoje ligamos o Campus do Pici à Unifor e vamos ligar também ao Itaperi, da Uece. Teremos um ‘T’ de estações na cidade”, afirmou.

 

Ainda não está oficializada a entidade que custeará essas 20 estações. “Várias empresas nos procuraram, mas vamos implantar as primeiras, fazer ajustes, se necessário, e depois vamos para a expansão”, ressaltou o coordenador do Plano de Ações Imediatas de Trânsito e Transporte (Paitt), Luiz Alberto Sabóia.

 

Essa primeira etapa do Bicicletar tem o patrocínio da Unimed Fortaleza, empresa que, segundo o diretor comercial, Elias Leite, tem interesse em participar da expansão do projeto. “A gente aposta muito na iniciativa pela sustentabilidade, responsabilidade social e ambiental, além da exposição de marca voltada para promoção de saúde”.

 

Com a implantação de ciclofaixas no Bom Jardim (6km) e no Conjunto Ceará (7 km), Fortaleza terminará 2014 com 112 quilômetros de estrutura cicloviária.

 

Plano diretor

De acordo com o vereador Evaldo Lima (PCdoB), o Plano Diretor Cicloviário Integrado (PDCI) estará na pauta de hoje na Câmara Municipal. “O assunto voltará para as comissões na quarta-feira e as emendas serão analisadas. Na quinta-feira, volta para o plenário para a primeira votação”, diz o líder do Governo na Casa. Evaldo estima que o projeto pode ser aprovado já na próxima terça-feira, 23.

 

Serviço

Bicicletar

O cadastro pode ser feito no site http://www.bicicletar.com.br ou baixando o aplicativo Bicicletar (disponível para Android e Ios). O uso custa R$ 5 (passe diário), R$ 10 (mensal) e R$ 60 (anual) e é gratuito para usuários do Bilhete Único.

 

Tira-dúvidas

 

Quantas viagens gratuitas posso fazer por dia?

Quantas viagens quiser, desde que não sejam ultrapassados os 60 minutos permitidos (90 minutos aos domingos e feriados) em cada uma delas e seja respeitado o intervalo de pelo menos 15 minutos entre uma e outra.

Como sei onde há bicicleta disponível ou vaga para devolvê-la?

A disponibilidade pode ser consultada no site http://www.bicicletar.com.br, no celular ou ligando para a central de atendimento (4003 9594). Se a estação estiver lotada na devolução, deverá ligar para a central, que constatará a situação e dará mais 15 minutos para que o usuário possa se deslocar até outra estação.

 

Percebi um defeito na bicicleta. O que devo fazer?

Comunique o fato à central de atendimento para que seja acionada a assistência técnica. Se perceber o problema depois de retirada a bicicleta, terá até cinco minutos para devolvê-la à estação. A viagem será cancelada e outra bicicleta pode ser retirada.

 

Tenho Bilhete Único. Devo me cadastrar?

Sim, mas apenas pelo site. Assim como os demais usuários, também deve cadastrar um cartão de crédito. A cobrança, porém, será apenas se for excedido o tempo permitido.

Uma criança ou um adolescente pode retirar uma bicicleta?

Os passes são apenas para maiores de 18 anos. Se o usuário ceder o passe para uma criança ou adolescente, ou prestar informações inverídicas no cadastro, deve assumir as responsabilidades pelo ato.

FONTE: bicicletar.com.br

Anúncios