BR Posição
nacional
Trecho Acidentes Acidentes
graves
Mortes
222 0-10 690 168 9
116 16ª 10-20 258 58 10
116 18ª 0-10 668 56 17
020 46ª 10-20 246 44 10
222 61ª 10-20 128 39 5
020 66ª 0-10 136 38 4

O Ceará tem o trecho de estrada federal com o maior número de acidentes graves, segundo a Polícia Rodoviária Federal. De acordo com a PRF, os 10 quilômetros iniciais da BR-222, em Fortaleza, registraram 690 acidentes de janeiro a outubro deste ano; 168 acidentes do total de acidentes são considerados graves pela PRF e em nove houve vítimas.

Na lista dos trechos de BR mais perigosos, segundo ranking nacional da PRF, o Ceará tem ainda as posições 16, 18, 46, 61 e 66 (veja na tabela ao lado). Por conta dos índices, a Polícia Rodoviária Federal realiza a partir desta terça (18) uma operação nos locais  onde são registrados os acidentes de maior gravidade nas rodovias federais do Ceará.

Na BR-222, por exemplo, segundo a PRF-CE, entre o quilômetro zero e o 10, foram registrados até outubro deste ano 690 acidentes. Destes 168 foram graves deixando nove mortos. Já na BR-116, entre os quilômetros 10 e 20 foram registrados 258 acidentes sendo 58 graves onde deixou 17 mortos.

Durante a operação, que será encerrada no dia 30 de novembro, as fiscalizações nestes trechos serão intensificadas para prevenir a ocorrência de acidentes e infrações, além de proporcionar maior segurança e fluidez no trânsito, mantendo, assim, a incolumidade dos usuários das rodovias federais.

Policiais lotados em outras regiões do Ceará reforçarão o efetivo diário das Unidades Operacionais onde estão localizados os trechos críticos, resultando numa fiscalização contínua e ininterrupta. Etilômetros, radares de velocidade, além de policiais motociclistas também serão utilizados. Ressaltamos que a principal missão da PRF é salvar e preservar vidas, e por isso, não mediremos esforços para reduzir a violência no trânsito nas rodovias federais.

(Top News)

Anúncios