Uma série de atividades foi preparada pela Sociedade Brasileira de Diabetes, regional Ceará, para lembrar a data do Dia Mundial do Diabetes, no dia 14 de novembro. As comemorações começam com a Caminhada Azul, que está marcada para o próximo sábado, 8, às 7h30min, na avenida Beira Mar, com concentração na altura da avenida Rui Barbosa. As celebrações pela data seguem até o dia 15 de novembro, com várias atividades.
A presidente do SBD regional Ceará, a médica Tânia Maria Bulcao Lousada Ferraz, alerta que uma grande preocupação dos pesquisadores sobre a doença é a incidência cada vez maior em crianças. “O número aumenta com a obesidade se tornando, cada vez mais, um problema comum na sociedade. Mulheres estão cada vez mais parindo filhos com mais de quatro quilos”, aponta.
Sedentarismo e má alimentação são as principais causas do aumento da quantidade de casos de diabetes. A doutora aponta que, em torno de 50% das pessoas com diabetes, não sabem que possuem a doença. “A diabetes é uma doença silenciosa. Um diagnóstico precoce pode evitar complicações”, alerta.
Programação:
Dia 8 – Caminhada Azul, com saída às 7h30min, da avenida Beira Mar, esquina com avenida Rui Barbosa.
À tarde, acontece o atendimento em regime de mutirão no North Shopping Jóquei (avenida Lineu Machado, 419 – Jóquei Clube), com a intenção de fazer um rastreamento da população de risco de diabetes, com aplicação de questionário de risco (Findrisk), participação de médicos, residentes e estudantes das ligas de endocrinologia de universidades, exames de glicemia capilar, aferição de pressão arterial, peso e circunferência da cintura, além de orientação sobre a doença.
De 8 a 15 – Iluminação Azul de monumentos:
Fortaleza –
– Farmácia Pague Menos- algumas sedes Aldeota, Montese, Parangaba;
– Estatua de Iracema na avenida Beira-Mar
– Praça Portugal
11/11 – Realização da campanha De olho no olho do diabético, com mutirão de atendimento no Centro Integrado de Diabetes e Hipertensão (CIDH) e Hospital Geral de Fortaleza (HGF), com realização de avaliação de casos suspeitos de retinopatia e realização sequencial de terapia de foto coagulação à laser nos casos necessários.
12/11 – Atividade Educativa para Pacientes Diabéticos atendidos no SUS- Coordenação: Dra Tânia Bulcão, Dra Dayse e Enfas Fernanda Scheridan e Manuela Caxile (ambulatório de Diabetes HGF); Dra Virginia Fernandes e Dra Angela (Ambulatório de diabetes HUWC), Dra Adriana Forti e Dra Cristina Façanha no CIDH.
13/11- A Criança Diabética: atividades lúdicas e de orientação com educadores, enfermeiros e nutricionistas nos locais do SUS (HGF, CIDH, HIAS e HUWC).
14/11- Alerta da doença aos Planos de Saúde: UNIMED, AMIL, CAMED, CASSI etc. com divulgação e orientações multidisciplinar.
Redação O POVO Online