Fortaleza, CE, 23 (AFI) – A Arena Castelão vai ficar pequena… e também tricolor. A torcida do Fortaleza esgotou, nesta quinta-feira, toda a carga de 55 mil ingressos colocada à venda para o duelo decisivo contra o Macaé, neste sábado, às 19 horas. O duelo definirá um dos quatro promovidos do Campeonato Brasileiro da Série C.

Para conseguir esgotar a carga total, a diretoria do Tricolor de Aço fez uma “manobra” para sua torcida comprar os bilhetes que seriam destinados à torcida visitante. Os 1.800 ingressos do Macaé foram colocados à venda apenas em Fortaleza, nas bilheterias do Estádio Presidente Vargas, e acabaram em menos de duas horas.

Torcida do Fortaleza promete transformar o Castelão em

Torcida do Fortaleza promete transformar o Castelão em “inferno tricolor”

 

Os dirigentes cearenses chegaram a solicitar que a carga destinada aos visitantes, fossem liberadas para a venda para a torcida tricolor. A alegação era de que a diretoria do Macaé não pediu reserva de ingressos para seus torcedores.

O problema é que o Ministério Público do Ceará (MP-CE) acabou vetando. A Federação Cearense de Futebol (FCF), contudo, encontrou uma maneira de vender os bilhetes sem infringir a determinação. Nesta quinta-feira, a entidade colocou os bilhetes à venda no Presidente Vargas, mas só vendeu os mesmo caso o torcedor não estivesse trajando qualquer objeto que fizesse alusão ao Fortaleza.

RECORDE À VISTA
Com a carga de ingressos esgotada, a expectativa da diretoria do Leão do Pici é que mais de 60 mil pessoas lotem o Castelão. A capacidade máxima da arena Castelão, após a Copa do Mundo, passou a ser de 64.846 torcedores. Portanto, serão quase dez mil torcedores que entrarão sem pagar ingressos.

Caso a expectativa do Fortaleza se confirme, o clube quebrará o recorde de público das quatro divisões nacionais. Hoje, o duelo de maior público nos campeonatos brasileiros aconteceu na derrota do Flamengo para o Grêmio, por 1 a 0, no dia 6 de setembro. Na oportunidade, 59.680 – sendo 51.858 pagantes – torcedores foram ao Maracanã.

Os números, contudo, não serão suficientes para quebrar o recorde de público pagante das quatro divisões. Esta marca pertence ao São Paulo, que levou 58.627 pagantes ao Morumbi na vitória sobre Cruzeiro, por 2 a 0, no dia 114 de setembro.

Para carimbar sua vaga à Série B de 2015, o Fortaleza depende de uma vitória simples. Como houve empate sem gols no jogo de ida, o Macaé garante seu acesso com qualquer empate por gols.

(Futebolinterior)