As rodovias estaduais e federais que cortam o Estado do Ceará ocupam a décima primeira posição entre as piores do País. O levantamento foi divulgado nesta quinta, 16, na Pesquisa CNT de Rodovias 2014, realizada pela Confederação Nacional de Transportes (CNT). Um total de 25% das estradas federais e estaduais do Ceará foi classificado como sendo, de maneira geral, ruim ou péssima. A pesquisa compreende as condições de toda a malha federal pavimentada e, nas malhas estaduais, dos trechos mais relevantes para o transporte de cargas e de passageiros. 

O Estado é também o 20º colocado quando a avaliação passa a ser dar melhores estradas do Brasil. Foram considerados os seguintes aspectos para a classificação: tipo de rodovia, condição da superfície de pavimento, condição da faixa central, condição das faixas laterais, placas de limites de velocidade, placas de indicações, visibilidade das placas, legibilidade das placas. Além disso, também foram avaliados se as rodovias possuíam estrutura de apoio, como borracharia, restaurantes e lanchonetes, concessionária e oficina mecânica, além de postos de combustíveis. 

Entre os estados com melhor classificação, São Paulo ficou em primeira colocação, com 78,4% de estradas avaliadas como boas ou ótimas condições. Entre as regiões do País, o Sudeste atingiu 51,8% de rodovias melhor avaliadas. O Nordeste conquistou 34,6% das estradas na avaliação como boas ou ótimas.

 

O POVO entrou em contato com a assessoria de imprensa do Departamento Estadual de Rodovias (DER) no início da noite de ontem, mas a assessoria de imprensa informou que o titular da pasta estava viajando e em uma cidade fora da cobertura do celular. 

Melhores classificados: Estradas com melhor avaliação

 

São Paulo 78,4%

 

Rio de Janeiro 61%

Alagoas 50,3%

Paraná 49,3%

Distrito Federal 47,4%

Rio Grande do Norte 45,5%

Santa Catarina 40,3%

Espírito Santo 40,1%

Bahia 39,9%

Paraíba 39,9%

Piauí 38,9%

Mato Grosso do Sul 38%

Sergipe 37,3%

Goiás 36,9%

Rondônia 34,5%

Minas Gerais 34%

Pernambuco 28,7%

Maranhão 29,2%

Roraima 28,2%

Ceará 23,5%

Tocantins 20,9%

Mato Grosso 14,7%

Amapá 14,2%

Pará 10,4%

Amazonas 6,7%

Acre 4,3%

 

Ranking Nordeste

Alagoas 50,3%

Rio Grande do Norte 45,5%

Bahia 39,9%

Paraíba 39,9%

Piauí 38,9%

Sergipe 37,3%

Pernambuco 28,7%

Maranhão 29,2%

Ceará 23,5%

 

 

 

Piores classificados: Estradas com pior avaliação

Nordeste 25,9%

Sergipe 33,7%

 

Maranhão – 35,4%

Pernambuco – 30,5%

Paraíba – 28%

Rio Grande do Norte – 26,4%

Ceará – 25%

Alagoas – 22%

Bahia 21,4%

Piauí – 18,3%

 

Brasil:

Distrito Federal 3,7%

Mato Grosso do Sul 14,3%

Rio Grande do Sul 15,5%

Rio de Janeiro 15,8%

Paraná 17,5%

Piauí 18,3%

 

Goiás 18,6%

Bahia 21,4%

Alagoas 22%

Ceará 25%

 

Santa Catarina 25,4%

Minas Gerais 25,7%

Rio Grande do Norte 26,4%

Paraíba  28%

Espírito Santo 29,2%

Pernambuco 30,5%

Sergipe 33,7%

Amapá 33,8%

Maranhão 35,4%

Roraima 39,6%

São Paulo 4,1%

 

Mato Grosso 41,4%

Amazonas 43,5%

Tocantins 43,9%

 

Pará 59,9%

 

 

Redação O POVO Online

 

Anúncios