Os ganhos na PLR também são frutos da greve da categoria

A Convenção Coletiva de Trabalho assinada no dia 13 deste mês garantiu avanços importantes para os bancários. Além da consolidação do aumento real, da valorização dos pisos e de instrumentos mais efetivos de combate às metas, a categoria conquistou, pelo segundo ano seguido, a isenção do Imposto de Renda (IR) para quem receber até R$6 mil de participação dos lucros e resultados (PLR) e a redução para que tem vencimento a partir de R$6.500. O avanço é fruto da mobilização da categoria iniciada em 2011, numa campanha dos bancários em conjunto com metalúrgicos, químicos, petroleiros e urbanitários. Veja no quadro ao lado a redução do IR em sua PLR.
Primeira parcela
A primeira parcela da PLR começa a ser paga hoje (17) pelo Itaú e Bradesco. Já o Santander e a Caixa Econômica Federal creditam na segunda-feira, dia 20. O Banco do Brasil foi o primeiro a pagar, no último dia 13. Os bancos têm até o dia 23 de outubro para efetuar o pagamento da antecipação da PLR.
O valor da antecipação da PLR será de 54% do salário mais R$ 1.102,79, limitado a R$ 5.915,95 e ao teto de 12,8% do lucro líquido. Na mesma data, haverá, ainda, antecipação da parcela adicional. O valor será de 2,2% do lucro líquido do primeiro semestre de 2014, limitado a R$ 1.837,99.

(Sindicato dos Bancários do Rio)

Anúncios