foto: reprodução facebook

Alunos e o Diretório Central dos Estudantes da Universidade de Fortaleza (Unifor), através das redes sociais, organizaram um protesto para o fim da cobrança no estacionamento da universidade. Marcado para a manhã desta segunda-feira, 4, evento possui mais de 5 mil presenças confirmadas. Segurança do centro diz que valor é irrisório e que atende pleito antigo dos alunos para controle da entrada e saída dos veículos.

Segundo o DCE Unifor, os membros da gestão De Cara Nova se sentem revoltados com tal atitude da Universidade e tomaram a frente do ato. “Por meses falamos com afinco as informações dadas em diversas reuniões e encontros com a diretoria da instituição e nos entregam essa notícia sem ao menos nos avisarem”, explica, na descrição do evento no Facebook.

“O DCE não vai tolerar mais que a universidade tome decisões sem consultar seus alunos, não vamos tolerar mais que queiram nos extorquir, não é só pelo estacionamento, é pelas taxas altas da biblioteca, é pela dificuldade do Restaurante Universitário, é para que os R$ 2 de hoje não se tornam R$ 3 no ano que vem “, completa o diretório. Valor é cobrado por cada acesso à universidade, com tolerância de 20 minutos.

Procurada, a segurança da Unifor disse que a implantação das cancelas, para controle da entrada e saída dos veículos, atende pleito antigo dos alunos. “Para obtermos um controle do acesso ao estacionamento do Campus e melhorar a qualidade do atendimento dos alunos, foi necessário aumento do efetivo”, informou Roberto Caracas, gerente de segurança da universidade.

“Todos sabemos da insegurança que a cidade está sujeita. O valor [R$ 2] é relativamente irrisório frente a todos os serviços oferecidos, com implantação de cancelas e aumento da segurança no local”, avalia Caracas.

Redação O POVO Online