O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PROS), que até então não havia envolvido a administração do Executivo da Capital na disputa política pela sucessão de Cid Gomes (PROS) no comando Governo do Estado, resolveu retirar dois apoiadores do candidato Eunício Oliveira (PMDB) do quadro de servidores do município.

O aquecimento da disputa entre os antigos aliados resultou na demissão do secretário da Controladoria e Transparência da Prefeitura, Marlon Cambraia, e de Jade Romero, coordenadora especial de Participação Popular do Município. Os dois integravam a gestão na cota referente ao PMDB na administração de Fortaleza, que também tem o vice-prefeito Gaudêncio Lucena entre os membros da legenda.

A Marlon Cambraia foi dito que, se ele desejasse continuar no cargo, deveria deixar seu partido. Por conta do resultado, sabe-se que a proposta foi recusada.

(Ceará News 7)

Anúncios