A Oi abrirá três novas lojas em Fortaleza até o fim do ano, segundo informou a assessoria de comunicação da empresa, ontem, durante a visita do presidente Zeinal Bava, ao Ceará. Segundo a operadora de telefonia, seis lojas já foram abertas desde o início do ano e, até dezembro, nove estarão funcionando na Capital. O local das três novas unidades, no entanto, ainda está sendo estudado pela empresa e segue indefinido. Na sua segunda visita ao Ceará, Bava esteve com executivos do Grupo Edson Queiroz. À tarde, o vice-presidente da Oi, Abílio Martins, visitou o Sistema Verdes Mares, quando foi recepcionado pelo diretor de Programação do SVM, Edilmar Norões.

O presidente da Oi destacou o investimento de R$ 33 milhões realizado pela companhia no Estado durante os três primeiros meses de 2014. O montante foi aplicado em infraestrutura de rede (2G, 3G e 4G) e melhoramento de serviço para os clientes. De janeiro a abril deste ano, mais de 5,5 mil novas portas de acesso à internet banda larga foram instaladas no Estado.

Participação de mercado

Detentora da segunda maior quantidade de chips móveis no Estado – ao todo são 3,7 milhões, o que resulta em 33,4% do mercado – e da concessão de telefonia fixa, a operadora Oi investiu, no ano passado, R$ 202 milhões no chamado “tripé operações, engenharia e TI (Tecnologia da Informação)”.

Internacional

Esta é a segunda vez que Zeinal Bava vem ao Ceará desde a confirmação da fusão da companhia brasileira com a Portugal Telecom. O negócio entre as duas empresas ocorreu ano passado, três anos depois da operadora portuguesa comprar ações da Oi e resultou na CorpCo – a estimativa é que a nova gigante multinacional do setor tenha uma receita combinada de R$ 40 bilhões e mais de 100 milhões de clientes.

Empregos

Para o Ceará, a união das duas empresas resultou na contratação de mais 110 profissionais – de um total de 5,2 mil funcionários em todo o País.

(Diário do Nordeste)