O índice de mortes violentas no Ceará aumentou 36,5% entre 2011 e 2012, segundo os primeiros dados do Mapa da Violência divulgados pelo Ministério da Saúde, nesta terça-feira (27). O estado teve o segundo maior aumento, ficando atrás apenas de Roraima, com elevação de 71,3%. O Mapa considera como morte violenta os óbitos em acidentes de transporte, homicídios e suicídios.

Gráfico mostra evolução na taxa de homicídios (Foto: Reprodução/Mapa da Violência)

De acordo com os dados, o Ceará registrou 2.788 homicídios em 2011, número que saltou para 3.840 em 2012. Um aumento de 37,7%. A pesquisa ressalta ainda que, em 2002, os homicídios somavam 1.443, número que cresceu 166,1% até 2012.

O número de morte em acidente de transporte passou de 2.247, em 2011, para 2.492 em 2012. Um aumento de 10,9% entre os dois anos. Em 2002, no entanto, os acidentes somaram 1.525, o que equivale a  63,4% de aumento no intervalo de 10 anos.

Os registros de suicídios caíram entre 2011 e 2012. Em 2011, foram 553 ocorrências e, em 2012, 508. Em 2002, foram registrados 459 casos no Ceará.

Brasil
Os dados de população utilizados para o cálculo das taxas foram obtidos das estimativas do Datasus, do Ministério da Saúde.

Em todo o Brasil, de acordo com as informações da pesquisa, entre 2002 e 2012, cresceu o número de vítimas nos acidentes de transporte, que passam de 33.288 para 46.581; um aumento de 38,3%. Considerando o incremento populacional no período, esse aumento continua significativo, 24,5%.

Crescem também os homicídios, passando de 49.695 para 56.337. Um crescimento, em termos absolutos, de 13,4%, mas as taxas, considerando o aumento da população, sobem apenas  2,1%.

De acordo com o levantamento, só cinco estados registraram quedas nas taxas de homicídios a cada 100 mil habitantes no comparativo entre 2011 e 2012.

O sociólogo classifica como insignificante a redução nos casos de Espírito Santo (-0,2%, com 47,3 homicídios) e Rio de Janeiro (-0,3%, com 28,3 homicídios), e como moderada nos casos de Pernambuco(-5,1%, com 37,1 homicídios), Paraíba (-6,2%, com 40,1 homicídios) e Alagoas.

A médica nacional ficou em 29 assassinatos a cada 100 mil habitantes em 2012. Um crescimento de 7% em relação a 2011. Quando observado o número de homicídios na população total, o Brasil teve 56.337 pessoas mortas em 2012. Uma crescimento de 13,4% no comparativo com 2002.

Via http://www.cbnfoz.com.br/editorial/brasil/ceara/27052014-146458-ceara-teve-o-segundo-maior-aumento-da-violencia-em-2012-diz-estudo

Anúncios