FOTO: ENVIADO AO WHATSAPP DO O POVO

O restaurante Sirigado, que funciona na rua Alísio Mamede, no bairro Varjota, foi interditado nesta segunda-feira, 19, pela Defesa do Consumidor do Ceará (Decon-CE) devido a irregularidades de higiene e alvará de funcionamento. O estabelecimento possui até dez dias para apresentar defesa.

Segundo a secretária-executiva do Decon-CE, a promotora de Justiça Ann Celly Sampaio, o local precisa renovar o alvará de estabelecimento por ter aumentado a área. Além disso, foram encontrados problemas sanitários. “O chão era muito sujo, moscas e insetos eram vistos claramente”, completa.

Ainda segundo Ann Celly, a multa pode variar de R$ 600,00 até R$ 3 milhões e depende do porte do estabelecimento e interesse do lugar para se adequar à lei. O POVO Online entrou em contato com o Sirigado, que informou que o restaurante estava funcionando e não sabia da interdição. Um dos donos do Sirigado, identificado como Sílvio Carlos, confirmou a interdição e disse que está tomando as medidas necessárias para a reabertura do local.

Coco Bambu foi liberado
O restaurante Coco Bambu, localizado na Beira-Mar, também foi interditado nesta segunda e liberado em seguida. O estabelecimento estava sem o certificado do Corpo de Bombeiros, mas após provar que já havia dado entrada no documento, foi reaberto.

Redação O POVO Online