A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou, na manhã desta segunda-feira (19), a lista dos passageiros que estavam no ônibus no momento do acidente que vitimou 18 pessoas e deixou outras 21 feridas na manhã do último domingo (18), em Canindé.

De acordo com o órgão, foi difícil formar a lista devido à incompatibilidade entre o número de pessoas inicialmente informado pelo motorista Francisco das Chagas Pereira Costa, a lista de passageiros entregue pela empresa e o nome das vítimas, feridas ou mortas, no local. Houve ainda, passageiros que desceram no município de Madalena, antes do acidente acontecer. 9 passageiros seguem internados no IJF.

A PRF acredita que muitos passageiros do ônibus estavam sem cinto e foram arremessados para fora do veículo, sendo esmagados depois que ele tombou.

“Na identificação das vítimas constam apenas os nomes daquelas já consolidadas como mortas ou feridas. Seis pessoas não constavam na lista, embora estivessem no ônibus, por isso parece que as contas não fecham”, disse o boletim divulgado pela PRF.

Até o momento, os números apontam 18 mortos e 21 feridos. Dos óbitos, 14 pessoas foram identificadas (confira imagem abaixo). As outras 4 foram conduzidas ao IML de Fortaleza, a fim de que sejam identificadas por meio de exame de DNA. “O estado de mutilação dos corpos nos impede de indicar a quantidade de mortos não identificados”, disse o órgão.

(Diário do Nordeste)