A Universidade Federal do Ceará (UFC) é a 45° entre as universidades brasileiras e as latino ibero-americanas no Scimago Institutions Ranking (SIR). Ranking avalia, além da produção científica, aqualidade dessa produção e sua publicação revistas especializadas de alto nível. Na produção brasileira, faculdade alcançou 14° posição. 

Anteriormente, a UFC ocupava a 50° posição e a 15° posição entre as produções nacionais, ficando na frente da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) e da Federal Fluminense (UFF). Ao todo, são analisadas 501 universidades ibero-americanas e 113 brasileiras. No caso das 412 instituições analisadas na América Latina, a universidade alcançou a 22° posição.

Entre os critérios citados por Andriola estão o de produção científica e o da publicação dessas pesquisas nas revistas especializadas de maior prestígio em cada área, o que a Scimago chama de SJR-10. Em ambos os itens, a UFC teve um cresceu: 12% na produção científica e de 4,3% no SJR-10. Já no qusito colaboração internacional, houve redução de 3,6% nos artigos feitos em parceira com instituições de outros países.

Outros rankings
Avaliam também a produção e qualidade das universidades rankings como o Times Higher Education (THE), Top Universities e os elaborados pela Quacquarelly-Symonds (QS) . No Brasil, o jornal Folha de S. Paulo criou o Ranking Universitário da Folha (RUF).

Serviço: Veja a íntegra do ranking em http://www.scimagoir.com/

Redação O POVO Online

Anúncios