Fortaleza é a cidade no Nordeste que possui o maior número de empresas que controlam filiaisem outras cidades – são 1.088 controladoras, valor que ultrapassa Recife (1.046) e Salvador (962). A Capital cearense também lidera na região o número de filiais controladas, com 3.189 filiais, batendo Recife (2.598) e Salvador (2.313) .

A constatação está no estudo Redes e Fluxos do Território: Gestão do Território, que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), lançou nesta hoje quarta-feira, 16, com o mapeamento do país do ponto de vista da centralização municipal das ligações entre sedes e filiais de empresas e entre instituições públicas de abrangência nacional.

No total, 48,4% das firmas estão sediadas na região Sudeste. Os níveis de centralidade apontam forte concentração no Centro-Sul e nas capitais litorâneas nordestinas de Salvador, Recife e Fortaleza. 

São Paulo, no primeiro nível da classificação, comanda, através de 9.371 empresas, muitas filiais externas e atrai para o seu território outros 6.894 estabelecimentos.

Segundo a pesquisa, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília são as cidades que concentram as principais redes de gestão do território nacional. 

O estudo envolve sete instituições federais de presença relevante na estruturação territorial do país: Ministério do Trabalho, Secretaria da Receita Federal, Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Justiça Federal, tribunais regionais eleitorais, tribunais regionais do Trabalho e o próprio IBGE.

(O Povo)

Anúncios