O governador Cid Gomes assumiu nesta segunda-feira (24) a possibilidade de renunciar ao cargo. Segundo ele, a renúncia é para permitir que o irmão Ciro Gomes possa se candidatar nas eleições de 2014 para o Poder Legislativo.

De acordo com Cid, a decisão da possível renúncia será tomada em coletivo, para que Ciro possa se candidatar. “Não pode ser ao Governo do Estado, mas poderá ser uma candidatura ao Legislativo. Isso será avaliado no devido momento. Temos vários partidos nessa avaliação e com eles vamos compartilhar essas definições”, disse o governador.

Objetivos
Para Cid, as principais prioridades nas eleições de 2014 são a reeleição de Dilma e a continuação do projeto político de seu governo. 
Outro ponto debatido é que Cid não tem planos de ser candidato e que seu objetivo é trabalhar no Banco Interamericano Mundial (BIM). “Estou necessitando de uma pausa na minha militância política”, disse. Porém, ele não deverá se afastar da vida pública. 

Renúncia
Conforme a Lei Eleitoral, Cid Gomes tem até o dia 5 de abril para renunciar ao cargo no Executivo, se tiver interesse em disputar as eleições de 2014 ou permitir que parentes em primeiro grau disputem cargo majoritário, mesmo no Legislativo, como no caso do Senado.

(Portal Cnews)

Anúncios