REPRODUÇÃO INSTAGRAM LUCIANA OTOCH

Uma manifestação que convida a população de Fortaleza a colocar bandeiras e lençóis brancos nas janelas dos apartamentos e das casas vem ganhando força nas redes sociais. Além de pedir paz e segurança na Capital, o protesto, organizado pela página Fortaleza Apavorada, no Facebook, visa chamar a atenção do Brasil para a situação de insegurança na capital cearense. A ideia é aproveitar a repercussão da reportagem sobre a violência em Fortaleza que será exibida no Fantástico, da Rede Globo, do próximo domingo, 23.

O programa da Rede Globo apresentou, no último domingo, 16, reportagem acerca da cidade mais violenta do mundo, Honduras. Anunciou que no domingo irá abordar as três cidades mais violentas do Brasil, entre as quais, uma das sede da Copa do Mundo deste ano: Fortaleza.

Até as 17h20min desta sexta-feira, 21, a postagem com o convite no Facebook teve 3.354 compartilhamentos. No Facebook e no Instagram, usuários compartilham imagens de prédios que já ganharam panos brancos nas varandas. “Divulguem aos integrantes de suas listas de destinatários. Vamos nos mobilizar para mudar essa realidade”, diz ainda o convite.

VIOLÊNCIA
Manchete do jornal O POVO desta sexta-feira traz a ”insuportável escalada da violência” em Fortaleza. Traz o caso do estudante da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará (UFC), Mardônio Freire Júnior, 19, morto durante assalto no bairro Henrique Jorge, quando voltava para casa dirigindo seu carro, na noite da última quarta-feira, 19 . Ele havia saído para comprar uma passagem de ônibus para a cidade de Ibiapina, onde a família mora, quando foi abordado por dois adolescentes e um homem adulto. 

Outros dois latrocínios foram registrados em Fortaleza e Caucaia, na Região metropolitana, nesta semana. Na segunda-feira, 17, o delegado Lucas Craveiro, 33, foi assassinado a tiros, durante assalto, quando saía de uma lanchonete localizada na avenida Washington Soares. 

Na terça-feira, 18, um comerciante de 76 anos foi morto com um tiro no peito no bairro Taquara, em Caucaia.

Na manhã da última quinta-feira, 20, o Lar Torres de Melo, equipamento que presta assistência a idosos há mais de um século, foi assaltado por quatro homens. Os assaltantes renderam o vigilante e levaram o dinheiro da aposentadoria dos idosos. 

Redação O POVO Online