Parte dos moradores da comunidade do Dendê, no Bairro Edson Queiroz, em Fortaleza está sem ônibus. Os motoristas de duas linhas deixaram de circular pela comunidade temendo a ameaça de traficantes de drogas. Os coletivos, segundo moradores do local, os ônibus circulam até a Rua Cidade Ecológica, sem concluir o percurso. Quem utiliza as paradas seguintes à rua segue a pé até esta última via para conseguir o transporte.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Ceará(Sintro), Domingos Filho, disse que em conversa com alguns motoristas, informou o caso começou por causa de uma confusão entre um motorista de um ônibus e um motociclista.

“Quinta-feira nós tivemos uma reunião no local e ficamos sabendo que houve uma discussão entre um motorista de ônibus e um motociclista. Motociclista foi tomar satisfação e teve confusão. Desde então os motoristas dos ônibus estão proibidos de ir até o fim da linha”, explicou Domingos Filho.

(G1 Ceará)