NATAL-RN – FOTO: CANINDÉ SOARES/UOL

A Federação Internacional de Futebol (Fifa) não comercializou os 10 mil leitos contratados com a rede hoteleira de Natal. De acordo com o presidente da Associação Brasileira de Hotéis do RN (ABIH), Habib Chalita, a Match Services – responsável por contratar quartos de hotéis para a Copa – começou a comunicar os empresários locais sobre a devolução dos leitos nesta segunda-feira (20). A ABIH ainda não tem o número exato de leitos devolvidos.

“A Match está comunicando diretamento aos empresários, por isso não temos ainda o número exato de leitos devolvidos”, disse Habib Chalita. Ele avaliou como ‘frustrante’ a não comercialização dos leitos. “É um momento crítico para a hotelaria. Vamos ter apenas três meses para negociar, replanejar o trabalho de vendas de leitos. Essa devolução frustrou as nossas exepctativas”, disse.

A Match Services fechou contratos com estabelecimentos hoteleiros no Brasil para garantir um número mínimo de quartos para acomodar os atletas, patrocinadores e representantes de marcas licenciadas, além da equipe da Fifa, imprensa, provedores de serviços e de eventuais turistas que quisessem contratar a hospedagem pela Match.

Somente a equipe da Fifa, os atletas e suas delegações são obrigados a contratar pela operadora, devido a questões de “segurança, marketing e outras considerações”.

Habibi Chalita explicou que a Fifa exigiu 10 mil leitos na capital potiguar. A ABIH então convocou os associados e os interessados fecharam contrato com a Match. A partir daí, a Match era a responsável por comercializar esses leitos. “Estava previsto um feedback para o dia 31 de janeiro, mas ontem mesmo a Match começou a comunicar os hotéis da devolução”, informou.

(G1 Rio Grande do Norte)