Uma coluna do site The Huffington Post desta semana dedicou algumas honras ao Brasil. No artigo, o veículo lista as maiores lições que o Brasil pode ensinar ao mundo sobre qualidade de vida: para viver bem, feliz e de maneira saudável.

Alguns leitores criticaram o otimismo do artigo, enquanto outros disseram que “é reconfortante ter notícias positivas sobre o Brasil no Huffington Post”, já que foram publicadas diversas notícias negativas sobre o país no veículo.

Confira a seguir a lista elaborada pelo site:

Felicidade é uma prioridade 

Em janeiro, a Fundação Getúlio Vargas anunciou a criação de um indicador do bem-estar brasileiro. Num estudo conduzido pela mesma instituição, as mulheres brasileiras foram eleitas as mais felizes do mundo. E o Brasil foi considerado o país mais feliz do mundo entre os BRICs (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) – ou seja, os mais felizes entre os países com grandes desigualdades.

Comemoração é um modo de vida

O artigo lembra que os brasileiros são famosos pelo Carnaval, que seria a maior festa do País. Porém, ressalta que transformam qualquer ocasião em festa e demonstração de alegria. E dá os exemplos da Festa de São João e das comemorações de Réveillon.

Brasileiros se exercitam

O País tem a segunda maior indústria fitness do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, segundo o site. Também os esportes ao ar livre, como futebol, vôlei, capoeira e polo colocam o brasileiro para “suar”. O resultado? Os brasileiros que têm em torno de 30 anos pesam, em média, menos que os americanos.

“Jeitinho” brasileiro

O site diz que o “jeitinho brasileiro” é um atalho para se conseguir o que precisa e que o pensamento é frequente em nossa rotina. Ainda, o jeitinho seria uma maneira de lidar com a burocracia ineficiente e muitas vezes corrupta do País, de acordo com a publicação.

Casas de sucos

Esses bares vendem lanches, frituras e alguns doces, mas os sucos nutritivos, smoothies e saladas de frutas são as principais atrações, diz o site. O número de nutrientes das frutas da cultura indígena não tem paralelo no mundo, segundo a publicação.

Beleza da arquitetura

As belezas naturais como o Corcovado e as Cataratas do Iguaçu não impediram o País de criar uma rica tradição arquitetônica. Tradição esta popularizada com seu maior expoente, o arquiteto Oscar Niemeyer, que desenhou inclusive a capital do País, Brasília.

Diversidade 

O Brasil é a segunda nação negra do mundo, segundo o crítico americano Henry Louis Gates Jr. Só fica atrás da Nigéria, “mas ninguém sabe disso”, diz o estudioso.

Cafezinho todo dia

No Brasil, o tempo pode ser medido em uma pequena xícara de espresso, diz o artigo. Cada brasileiro consome, em média, 5,8 kg de café por ano, o que pode trazer benefícios ao coração, pressão, evitar diabetes e até alguns tipos de câncer, segundo pesquisas recentes.

Desigualdade está diminuindo

A desigualdade social tem caído 2,2 % ao ano, segundo estudo da Universidade de São Paulo. Também o índice de pobreza da população diminui 7,9% em cada ano, superando metas mundiais.

Música

Samba, pagode, axé, forró, rap, funk, choro e bossa nova: o site elogia a diversidade de estilos musicais do País.

Acesso à praia é um direito civil

As praias no Brasil são democráticas, um espaço público, diz The Huffinton Post. O País tem a maior costa da América do Sul e uma das 16 maiores do mundo. Pesquisas relacionam viver no litoral a níveis mais elevados de saúde.

Famílias brasileiras ficam unidas

Por fim, o artigo diz que a união familiar continua forte entre os brasileiros, mesmo com as famílias cada vez menores.

(Jornal do Brasil)

Anúncios