Luiz Ricardo Vitorino da Silva, o Menor do Grotão, ao ser preso Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Rio capturou, na quarta-feira, no Ceará, um dos bandidos responsáveis por um crime bárbaro, ocorrido em 2008. Luiz Ricardo Vitorino da Silva, o “Menor do Grotão”, foi preso no município de Nova Russas por agentes da 6ª DP (Cidade Nova). Vitorino é um dos criminosos que, segundo a polícia, participou da execução de três jovens do Morro da Providência, num caso que chocou o país: Wellington Gonzaga Ferreira, 19 anos, David Wilson da Silva, 24, e Marcos Paulo Campos, 17, foram capturados por onze militares do Exército e entregues a traficantes do morro, como “castigo” por terem, supostamente, desrespeitado uma patrulha.

Menor do Grotão chegou a comanda o tráfico no Morro do Querosene, no Estádio, e tinha em seus métodos cruéis uma forma de afirmação de sua autoridade entre os bandidos e os moradores. Entre seus métodos, segundo a polícia, está o costume de usa machados para mutilar as vítimas.

A prisão do traficante se tornou prioridade para a polícia depois de ter chefiado uma guerra que deixou dezenas de mortos ao longo da última década. Bandidos de facções rivais disputavam o controle da venda de drogas no Complexo de São Carlos, na região central do Rio.

(Leslie Leitão, Veja Online)

 

Anúncios