São Paulo. A TAM confirmou que vai contratar 1.000 funcionários temporários durante a Copa do Mundo, principalmente para as áreas de call center e aeroportos. As vagas também serão distribuídas no gerenciamento de escala especial, aeronaves reserva, tripulação, manutenção, além de orientação e informações aos passageiros.

O presidente da Abear (associação das empresas aéreas), Eduardo Sanovicz, disse ontem que não sabe se outras companhias vão adotar a medida.

Malha Aérea

Na semana passada, a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) anunciou a inclusão de 1.973 voos na malha aérea brasileira durante a Copa do Mundo para atender a demanda de torcedores entre 6 de junho e 20 de julho. Com o mesmo objetivo, segundo a Abear, as empresas adiantaram a manutenção das aeronaves e podem diminuir a frequência de voos em trajetos menos procurados.

(Diário do Nordeste)

Anúncios