O atacante Diego Costa foi vítima de ofensas xenófobas durante o jogo entre o seu Atlético de Madrid e o Valencia, no Mestalla, válido pela Copa do Rei. Durante o jogo, o híspano-brasileiro foi xingado pela torcida local por sua escolha de defender a seleção espanhola ao invés do Brasil, país onde nasceu.

Torcedores xingaram Diego Costa, vice-artilheiro do Campeonato Espanhol até aqui com 19 gols, dizendo que ele não era espanhol e pedindo sua saída da Fúria, que defenderá o título mundial conquistado em 2010 justamente no Brasil, onde o atacante do Atlético de Madrid nasceu.

Diego Costa chegou a entrar em campo pela Seleção Brasileira durante um amistoso contra a Itália no ano passado. No entanto, ele fez uma promessa à Real Federação Espanhola que representaria a Espanha assim que se naturalizasse. O Brasil ainda tentou convocá-lo, mas o atacante pediu dispensa. Ele ainda não fez sua estreia pela Fúria.

(Portal Terra)

Anúncios