O ministro da Fazenda, Guido Mantega, rebateu nessa quarta-feira (18/12), por meio de uma nota enviada pela assessoria do Ministério, as declarações feitas pelo governador Cid Gomes na manhã da última segunda-feira (16).

De acordo com Cid, “o ministro Mantega há algum tempo vem tentando retaliar o Ceará”, o que pode causar atraso na divulgação de relatórios do Tribunal de Contas da União (TCU) para o Ceará e, assim, prejudicar o repasse de verbas ao Estado por meio de empréstimos.

A nota enviada pela assessoria de imprensa do Ministério da Fazenda, contudo, diz que a informação repassada pelo governador não procede. “O ministro da Fazenda considera equivocada qualquer declaração de que ele estaria ‘plantando notícias negativas contra o Ceará’. Prova disso é que o ministro da Fazenda assinou, no dia 3 de dezembro, a aprovação de duas operações de crédito externo para o Estado do Ceará com aval da União. Uma no valor de US$ 400.000.000,0 junto ao BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), e outra de US$ 350.000.000,00, entre o Ceará e o Banco Mundial”, diz a nota enviada pelo Ministério da Fazenda.

(Ceará Agora)

Anúncios