Após cerca de quatro meses sem divulgar os dados sobre a violência no estado, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), por meio de coletiva com a presença do secretário Servilho Paiva, apresentou os números da violência de setembro até dezembro.

Na ocasião, o secretário de Segurança também divulgou a nova metodologia de confecção dos dados estatísticos relativos à segurança no Ceará e os números atualizados. Durante o encontro, foram apresentadas as Áreas Integradas de Segurança (AIS). As AIS resultam de divisões geográficas do Estado. Cada uma delas tem um responsável dos Bombeiros, das Polícias Civil e Militar.

Além dos homicídios, outros crimes como latrocínio e lesão corporal seguida de morte serão contabilizados em um mesmo grupo chamado de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI). Em números já atualizados, o Ceará já contabilizou 4.449 assassinatos até o dia 15 de dezembro. O número é 24,7% maior que em 2012, quando foram registrados 3.565 homicídios. É importante frisar que no ano passado não eram contabilizados os crimes de lesão corporal seguidos de morte e latrocínio.

O novo banco de dados será atualizado pelas políciais Militar e Civil a partir de informações do Comando de Policiamento do Interior (CPI) e da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops).

Balanço mensal

Em 2013, o mês com maior número de homicídios foi março, quando foram registrados 447 crimes deste tipo. Apesar dos mais de 4,4 mil assassinatos neste ano, houve uma redução de aproximadamente 19,86% no último semestre.

(Felipe Lima, Tribuna do Ceará)

Anúncios