Virgem Negra de Monserrat retratada como ‘caganer’, em foto de 15 de novembro (Foto: Lluís Gene/AFP)

Uma figura de Nossa Senhora defecando está provocando protestos de católicos na Espanha.

A região da Catalunha tem uma tradição de produzir estatuetas defecando, os chamados “caganers”. As figuras de cerâmica são vendidas desde o século XVIII, para serem colocadas nos presépios na época do Natal.

Inicialmente, elas retratavam agricultores, mas nos últimos tempos passaram a representar celebridades, inclusive brasileiras, como Neymar e a presidente Dilma Rousseff. Acredita-se que elas atraem boa sorte para a colheita e em geral.

Mas, neste ano, alguns católicos se sentiram ultrajados quando a Virgem Negra de Monserrat, uma representação de Maria com o Menino Jesus, foi retratada como “caganer”.

A estátua original da Madona fica na abadia de Santa Maria de Montserrat, próximo a Barcelona. Um dos ícones religiosos mais famosos da Catalunha, ela é conhecida popularmente como “La Morenita”, por conta de sua cor.

“Usar a imagem da Virgem de Montserrat para este boneco grotesco nos parece um sinal de insensibilidade e falta de respeito a muitas pessoas que podem sentir que sua crença está sendo ferida”, disse o prior da abadia, Ignassi Fossas.

Uma organização católica, os “e-Cristianos”, disse à France Presse que planeja processar os fabricantes por “atacar o respeito e a dignidade de símbolos religiosos”.

A empresa disse que não teve intenção de ofender ninguém. “Fizemos com boas intenções e afeição pela personagem, que é tão catalã”, disse Marc Alos, da empresa familiar Alos y Pla, que faz os caganers.

(AFP)

Anúncios