O Google é o site mais acessado do mundo, segundo o ranking da Alexa, uma empresa da Amazon. Ter um site com posição de destaque nos resultados de busca do Google ou qualquer outra ferramenta de busca significa maior visibilidade ou até a possibilidade de ganhar dinheiro com mais internautas provenientes dessas pesquisas e que clicam em anúncios de sua página. Mais do que escrever sobre um assunto que vai gerar a conexão entre uma página e o que os internautas procuram nos buscadores, alguns cuidados com a edição aumentam as chances de uma boa posição nestas pesquisas. 

O analista de SEO (Search Engine Optimization) do Terra Marcelo Gorzoni diz que o mais importante para quem tem um blog e quer estar bem posicionado nos resultados de buscas de sites de pesquisa é ter o título do post alinhado com os termos que o internauta procura. “Às vezes, vale até escrever com aspas no título”. Se o blogueiro escreve sobre um aparelho celular, por exemplo, e quer estar presente nos resultados de busca sobre esse equipamento é imprescindível colocar o nome do produto no título do post. 

Para descobrir quais são os termos mais pesquisados pelos internautas o blogueiro deve usar o Google Trends. Lá é possível saber quais as palavras mais buscadas por período, região, a variação das buscas por determinada palavra e até mesmo sinônimos ou termos semelhantes que também ajudarão a compor a edição do post. 

Depois do título, o primeiro parágrafo é, na sequência, a parte mais importante para que os sistemas dos buscadores identifiquem seu post como relevante. Segundo Gorzoni, nele é preciso constar um resumo do que tratará o restante do texto, além de uma repetição da palavra-chave desse assunto. Porém, repetir muitas vezes esse mesmo termo não é significado de aumento de chances de bom ranking. 

Quanto mais completo estiver o post, maiores são as chances de ganhar relevância nos sites de busca. “Conteúdo significa boas e grandes imagens, vídeos, links e texto bem escrito, linkado e marcado”, diz Gorzoni. 

Fazer subtítulos ao longo do texto e inserir links para outros artigos relacionados ao tema do post também ajudam. Os links para outros artigos nunca devem ser indicados com um “clique aqui”. O ideal é ativar uma palavra que seja um resumo do texto para o qual será direcionado o internauta. “Se você quer mandar para um texto sobre uma receita de bolo, ative a palavra ‘bolo’ no post com o link para o artigo relacionado”. 

Devagar no começo
O tempo que o blog está ativo também influencia os sistemas de busca a relacionarem um post a uma determinada pesquisa. Quanto mais antigo o blog, mais relevância terá. Neste caso, a dica é publicar uma boa quantidade de conteúdo e manter as atualizações. 

Um post antigo pode ganhar mais relevância se atualizado (mas não vale apenas republicá-lo; é preciso acrescentar novas informações). Porém, não se pode alterar a URL (endereço do post), pois isso vai fazer com que ele perca força. 

Inserir a autoria do post é uma ferramenta ainda pouco explorada, mas que também ajuda a dar relevância ao post, diz Gorzoni. Não vai melhorar o posicionamento da página na busca, mas influencia no clique do internauta porque dá mais destaque (a foto do autor do post é exibida na lista de resultados) ao artigo. Essa ferramenta não é automática, mas pode ser implementada em qualquer publicador de blogs e, além disso, também é possível utilizar o recurso tendo uma conta no Google Plus (adicionando os blogs para que colabora na área “colaborador de”).

(Terra)

Anúncios