Centenas de estudantes saíram nesta terça-feira (24) em passeata pelas ruas do Centro de Fortaleza para questionar as tarifas do transporte público na capital cearense e reivindicar o passe livre. O protesto, em sua maior parte pacífico, teve momentos de tensão quando alguns manifestantes jogaram pedras em direção ao bloqueio policial no Paço Municipal.

Após a ação, homens do Batalhão de Choque da Polícia Militar (BPChoque) e do Comando Tático Motorizado (Cotam) dispersaram os manifestantes, que correram em direção a Praça do Ferreira. Durante o trajeto, uma motocicleta da Guarda Municipal foi quebrada e pelo menos três agências depredadas, uma do banco Itaú, na Rua Floriano Peixoto e outras duas na Rua Major Facundo, do Banco do Nordeste e Banco Santander.

Além disso, houve desentendimento entre alguns manifestantes e um comerciante que, segundo ele, tentou evitar uma pichação em sua banca de revista. O comerciante Tadeu Barroso foi agredido no rosto quando tentou evitar o ato de vandalismo no estabelecimento.

(Diário do Nordeste)

 

Anúncios