A comissão de ética na política e de combate à corrupção eleitoral da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional do Ceará (OAB-CE), protocolou nesta quarta-feira (21), na Câmara Municipal de Fortaleza, o pedido de cassação do mandato do vereador Leonelzinho Alencar (PTdoB) por atos de corrupção, improbidade administrativa e quebra do decoro parlamentar. 

A petição requer que seja feita a disatribuição de cópia do documento a todos os vereadores e que seja determinada a leitura na primeira sessão ordinária da Casa, após o recebimento, ou seja nesta quinta-feira, 22. O passo seguinte seria a criação de uma Comissão Processante para dar início à instrução processual para que seja declarada a perda do mandato do vereador Leonelzinho Alencar. 

Entre as denúncias de prática reiterada de corrupção, improbidade administrativa e quebra de decoro parlamentar estão o repasse de dinheiro público para o Instituto Jáder Alencar, por meio de emendas parlamentares e convênios com a Prefeitura, a condenação pela qual o parlamentar foi obrigado a pagar multa de dois salários mínimos e fazer doação de leite em pó para o Iprede por conta do furto do material de campanha do PSDB durante as eleições de 2010 e por, supostamente, beneficiar a mulher, Adriana Lúcia Bezerra de Alencar, com o recebimento do programa federal Bolsa Família.

(CNews)