Chael Sonnen finaliza Mauricio Shogun com uma guilhotina no primeiro round em Boston (Foto: Getty Images)

Não que Maurício Shogun fosse um amplo favorito. Longe disso, Todos sabiam que Chael Sonnen era um sério risco para o brasileiro, principalmente no jogo de quedas. Mas a maneira com que o norte-americano venceu o brasileiro no UFC em Boston neste sábado foi surpreendente. O falastrão dominou o primeiro round inteiro e, faltando 10 segundos, conseguiu finalizar Maurício com uma gulhotina.

O norte-americano partiu para cima desde o primeiro segundo e logo conseguiu a queda. Na primeira vez, o brasileiro ainda se levantou e conseguiu ficar por cima. Mas Sonnen mostrou que estava com suas quedas em dia, derrubou Shogun mais uma vez e ficou batendo com seu ground and pound pouco eficiente, apenas pontuando.

Mas nos últimos segundos do combate, Maurício se levantou e deixou o pescoço desprotegido. Resultado: Sonnen – conhecido por ter pouca técnica de jiu-jítsu – conseguiu pegar uma guilhotina ajustada e Shogun teve de dar os três tapinhas, chorando muito ainda no octógono.

Assim que acabou a luta, o falastrão escolheu seu próximo alvo de provocações e mais uma vez do Brasil. Na verdade, é um antigo acerto de contas. Depois de muitas discussões nos últimos dois anos, Chael mais uma vez pediu para enfrentar Wanderlei Silva. “Altura de 1,85m e 93 kg. Antes de conhecer você, não sabia que era possível empilhar lixo tão alto. Wanderlei Silva, em três meses, será você contra o cara mau.”

“Prometi que bateria o Shogun e consegui isso esta noite. Estou na campanha contra o câncer e essa foi para vocês. Eu sou o cara do momento. Se você quiser pegar o Chael, você tem que ser mau, e tem que ser aqui, na casa do UFC”, completou Chael Sonnen.

Foto: UOLFonte: UOLPostador: Chris Rodrigues