Sheila Veríssimo foi eleita Miss Brasil Gay 2013 (Foto: Sérgio Herzog/ Divulgação)

A representante do Espírito Santo no Miss Gay Brasil 2013, Sheila Veríssimo, foi coroada como a mais bela transformista do país em um evento na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais, na madrugada deste domingo (19). Além do maior título, ela também ganhou em primeiro lugar com o melhor traje de gala e em segundo lugar com seu traje típico. A miss conversou com o G1e contou os momentos de emoção que viveu no concurso.

Sheila contou que trabalhava pelo título há dois anos e a conquista do título foi um momento de realização pessoal. “Ano passado não teve o concurso de Miss Gay. Eu já tinha sido eleita Miss Espírito SantoGay, mas tive que esperar até esse ano para concorrer nacionalmente. Não desisti nesses dois anos, mesmo com muitas pessoas querendo me desanimar. Investi no meu sonho”, disse.

A miss é natural de Volta Redonda, no Rio de Janeiro, mas já viveu no Espírito Santo e o tem como seu estado de coração, por isso resolveu representá-lo. Ela contou que antes mesmo do resultado final do concurso, já estava sendo aclamada pelo público.

“No momento que escolheram as cinco finalistas, foi algo indescritível. Não conseguia pensar nada, foi cem porcento emoção. O público gritava por mim, para que eu ganhasse. O apresentador até falou ‘não vou nem anunciar a vencedora, pois o público já está chamando por ela. A voz do povo é a voz de Deus’”, lembrou.

Com dois trajes vencedores, Sheila explicou que a única diferença do modelo do concurso para o de Miss Brasil é que não há desfile de traje de banho. “Como é um concurso para transformistas, não há o traje de banho, mas desfilamos com o de gala, que é o mais luxuoso. O que vesti ultrapassa o valor de R$ 40 mil. E também o típico, que deve ter algo que lembre o estado que a candidata representa”, falou a miss.

As campeãs

  • Primeiro lugar: Miss Espírito Santo Gay – Sheila Veríssimo (55 pontos)
  • Segundo lugar: Miss Bahia Gay – Eduarda Brigida (48 pontos)
  • Terceiro lugar: Miss Pernambuco Gay – Nicolle Shiva (44 pontos)
  • Quarto lugar: Miss Amazonas Gay – Nycolle Syros (42 pontos)
  • Quinto lugar: Miss Mato Grosso do Sul Gay – Kauanny Motta (41 pontos)

Miss Simpatia

  • Miss Piauí Gay – Hellen Cristhnne Ânderllee

Trajes típicos

  • Primeiro lugar: Miss Bahia Gay – Eduarda Brigida
  • Segundo lugar: Miss Espírito Santo Gay – Sheila Veríssimo
  • Terceiro lugar: Miss Pará Gay – Stela Bueno de Palermo

Trajes de gala

  • Primeiro lugar: Miss Espírito Santo Gay – Sheila Veríssimo
  • Segundo lugar: Miss Bahia Gay – Eduarda Brigida
  • Terceiro lugar: Miss Paraná Gay – Mirella Ayella

12 finalistas

  • Miss Amazonas Gay – Nycolle Syros
  • Miss Roraima Gay – Natally Matarazo
  • Miss Minas Gerais Gay – Amanda Vidall
  • Miss Ceará Gay – Narrasha Delatorre
  • Miss Pernambuco Gay – Nicolle Shiva
  • Miss Espírito Santo Gay – Sheila Veríssimo
  • Miss Paraná Gay – Mirella Ayella
  • Miss Distrito Federal Gay – Jéssika Vilallon
  • Miss Rio Grande do Sul Gay – Roberta Luma
  • Miss Pará Gay – Stela Bueno de Palermo
  • Miss Bahia Gay – Eduarda Brigida
  • Miss Mato Grosso do Sul Gay– Kauanny Motta

(Juliana Borges – G1 Espírito Santo com adaptação)

Anúncios