As inscrições para a 2º Edição do Festival do Audiovisual Luso Afro Brasileiro (FestFilmes) estão abertas até o dia 20 de setembro, no Ceará. Esta edição está marcada para acontecer de 15 a 23 de novembro em Fortaleza, Baturité e Redenção. Manterá a proposta de promover o intercâmbio cultural, social e econômico dos países de língua portuguesa.

Ano passado, foram selecionadas 45 obras audiovisuais para as mostras competitivas. No total, 84 filmes foram exibidos, incluindo os panoramas fora de competição. Para a segunda edição do FestFilmes, a proposta é fortalecer ainda mais a programação, que também conta com oficinas, seminários, palestras, exposições, lançamentos de publicações e exibições.

Apesar de jovem, o festival conseguiu se destacar como um dos principais eventos do Ceará. “Ano passado, o FestFilmes confirmou o sucesso da proposta, que se utilizou de uma inovadora forma de exibição cinematográfica ao conjugar internet, TV e Cinema em sua estratégia de atuação, agindo também de forma presencial em três municípios cearenses”, conta Duarte Dias, diretor geral do FestFilmes.

Dentro desse universo da cultura portuguesa e africana, o FestFilmes 2013 conta mais uma vez com o apoio da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB). “Entre as diversas atividades previstas para a cidade de Redenção, será realizado o 2º Encontro da Rede Nordeste de Cinema Universitário, no qual estarão presentes representantes das universidades nordestinas que dispõem de cursos voltados para esse segmento”, completa Dias.

Mostras Competitivas
O FestFilmes se divide em três mostras competitivas, contemplando os gêneros de ficção, documentário e/ou animação. A Mostra Iracema é voltada aos realizadores cearenses, enquanto a Mostra Nascente tem caráter nacional e exibe filmes de estreia de realizadores naturais ou residentes no Brasil.

Já a Mostra Atlântica reunirá curtas internacionais de realizadores naturais ou residentes, há pelo menos 2 anos, em qualquer um dos países que compõem a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (Angola, Brasil,Cabo Verde,  Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, e Timor Leste).

Podem ser submetidos filmes de 05 a 20 minutos, concluídos a partir de janeiro de 2011 e que não foram enviados anteriormente no FestFilmes. Os realizadores poderão inscrever e enviar quantas obras queiram em até duas das três mostras competitivas. O regulamento e a ficha de inscrição se encontram disponíveis no site www.festfilmes.com.br

Premiação
O júri técnico, formado por especialistas em cinema, destinará o Troféu Dragão do Mar e prêmios em dinheiro para os destaques do FestFilmes. O melhor filme da Mostra Iracema receberá R$ 3 mil, enquanto o melhor curta da Mostra Nascente receberá um prêmio em dinheiro no valor de R$ 5 mil.

Para a Mostra Atlântica, o melhor filme receberá R$ 7 mil e serão julgadas também as seguintes categorias: Melhor Roteiro, Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Fotografia, Melhor Montagem e Melhor Trilha Sonora Original.

O júri popular escolherá, mediante votação e independentemente da mostra, a obra que considerar de maior relevância, auferindo-lhe o Troféu Luiz Severiano Ribeiro, além de um prêmio em dinheiro no valor de R$ 5 mil.

Na primeira edição do FestFilmes, os destaques ficaram com os curtas “Onde o Tempo Corre Devagar”, de Iara Moura (CE); “Velho Mundo”, de Armando Fonseca (SP); “Menina da Chuva”, de Rosária Moreira (RJ); “Rio de Mulheres”, de Cristina Maure e Joana Oliveira (MG); “Amigos Bizarros do Ricardinho”, de Augusto Canani (RS), “O Céu no Andar de Baixo”, de Leonardo Cata Preta (MG); “3×3”, de João Marçal e Ricardo Azevedo (Portugal), entre outros.

Serviço:
2º FestFilmes – Festival do Audiovisual Luso Afro Brasileiro
Data: 15 a 23 de novembro
Local: Fortaleza, Baturité e Redenção (Ceará)
Site: www.festfilmes.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/FestivalFestFilmes

(G1 Ceará)

Anúncios