Max Gonzaga

A música “Classe média”, do cantor e compositor Max Gonzaga, despertou na internet a ira dos “coxinhas” – nome que pegou para os jovens de classe média que reproduzem o discurso superficial, preconceituoso e conservador da mídia.

Max, aliás, está sendo acusado de fazer a música para zombar das manifestações do mês passado, mas ele a gravou há oito anos, em 2005.

Se alguém quiser o disco do Max, a propaganda é grátis, basta clicar aqui e ele combina um jeito de entregar.

Em tempo: a classe média é e pode ser diferente. Foi dela que saíram Chico Buarque, Caetano, Gil e uma geração de artistas e intelectuais geniais, como anos antes tinham surgido Vinícius, Graciliano, Jorge Amado e tantos outros.

Mas é preciso, para isso, apenas um detalhe: não ter o umbigo no centro do Universo e lembrar que o povo é a terra de onde o intelecto se alimenta para brotar e poder florir.

(Vídeo) – Classe média, Max Gonzaga

Fernando Brito, Tijolaço. Edição: Pragmatismo Politico