Um dos lutadores mais queridos do público brasileiro, o meio-médio Serginho Moraes demorou apenas 3m13s para vencer o americano Neil Magny com uma finalização por triângulo. O finalista do TUF Brasil 1 mostrou muita categoria no jiu-jítsu, onde conquistou três vezes o título mundial, para vencer a quinta luta do card preliminar do UFC 163, ou Rio 4, deste sábado, na Arena da Barra, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

UFC  146 Serginho Moraes x Neil Magny (Foto: André Durão / Globoesporte.com)Serginho Moraes finalizou Neil Magny com um triângulo  (Foto: André Durão / Globoesporte.com)

O combate começou com o brasileiro buscando se movimentar bastante pelo octógono e logo tentou um chute frontal no alto, que passou raspando. Neil Magny tentou responder com algumas sequências de bons diretos, indo algumas vezes para cima de Serginho, mas sem causar grandes preocupações. A vitória ficou encaminhada quando Serginho Moraes levou a luta para baixo, com um golpe de judô, ficando em meia guarda. Com uma incrível montada, o brasileiro ajustou o triângulo e começou a socar lateralmente o adversário diversas vezes no rosto. O americano tentou sair da posição girando, mas Serginho continuou com o triângulo muito bem encaixado, finalizando ainda no primeiro round. Na comemoração, o extrovertido lutador ainda fez um passinho do “quadradinho de oito”.

Na terceira luta no Ultimate do paulista de 31 anos, Serginho emplacou a segunda vitória consecutiva e possui agora um cartel de oito vitórias e duas derrotas. Já o americano, de 26 anos, sofreu a primeira derrota na organização e acumula oito vitórias e duas derrotas na carreira.

(Canal Combate)