FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA

O morador de rua Edvan Lima, 49 anos, conhecido como Antero pelos colegas, teve aproximadamente 65% do corpo queimado, enquanto dormia com um grupo de quatro mendigos na QE 18, no Guará I, na madrugada desta quinta (1º/8).

Segundo os moradores de rua, o grupo estava dormindo quando três rapazes encapuzados passaram por eles. Os suspeitos atiraram gasolina e riscaram um fósforo. O fogo atingiu os mendigos, que saíram correndo. Edvan não conseguiu fugir e sofreu queimaduras no peito, no braço esquerdo e na cabeça.

A vítima trabalhava como carroceiro e era conhecida na vizinhança. Segundo os moradores de rua, Edvan nunca causou problemas na região. O incêndio queimou colchões, roupas, remédios e pertences dos mendigos.

Edvan foi levado consciente, mas em estado grave ao Hospital Regional da Asa Norte pelo Corpo de Bombeiros. A Polícia Civil está realizando perícia. Uma sacola usada para colocar a gasolina foi encontrada no local.

Em nota, a Secretaria de Saúde informou que a vítima está com 63% do corpo queimado sendo que 27% é queimadura de terceiro grau. O estado de saúde dele é estável e Edvan respira com ajuda de máscara de oxigênio.

Correio Braziliense