FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA

Uma turista holandesa foi estuprada mais de 60 vezes e torturada por seis semanas na Austrália, informou a imprensa que compareceu ao julgamento dos acusados na sexta-feira (12) em Melbourbne.

A mulher de 21 anos teria sido sequestrada e mantida em cativeiro em um hotel de Melbourne entre novembro e dezembro de 2012, de acordo com a imprensa.

Os acusados do crime, Alfio Anthony Granata, de 46 anos, e Jennifer Peaston, de 32 anos, respondem por 179 acusações, incluindo por sequestro, ameaças de morte, 62 acusações de estupro e 85 por agressão.

De acordo com documentos citados pela imprensa australiana, a turista foi sequestrada depois de conhecer o casal em uma festa.

O casal é acusado de agredir a garota com um rolo, um aspirador, uma lâmpada a óleo e outros utensílios. A vítima havia tentado suicídio após esfaquear Granata no Natal.

Em pânico, o casal teria chamado o serviço de emergência, terminando o calvário de seis semanas.

(France Presse)

Anúncios