FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA

A Receita Federal realizará, no dia 25 de julho, leilão eletrônico de 97 lotes de mercadorias apreendidas pela Alfândegas do Porto do Pecém, de Fortaleza e Aeroporto Pinto Martins. Serão leiloados quadriciclos, equipamentos musicais, videogames, materiais de construção, garrafas de vinho, entre outros. A lista completa dos produtos pode ser conferida no edital do leilão, disponível para consulta no site da Receita Federal.

Os interessados devem registrar suas propostas do dia 15 a 24 de julho, no Sistema de Leilão Eletrônico (SLE) do Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC), na página da Receita Federal do Brasil. Apenas pessoas físicas ou jurídicas que utilizem a tecnologia de Certificação Digital poderão participar do leilão e os lances poderão ser feitos diretamente do computador. De acordo com o edital, os bens arrematados por pessoas físicas devem ser ser destinados apenas a uso ou consumo, sendo proibida sua comercialização.

Como funciona o leilão eletrônico

O leilão eletrônico é realizado em 2 etapas: na 1ª etapa, o participante acessa o serviço disponível na Internet utilizando certificação digital e apresenta uma proposta de valor de compra para cada lote que tenha interesse em adquirir. Na 2ª etapa, em uma sessão pública virtual é verificada a regularidade jurídica e fiscal dos proponentes que participaram da 1ª etapa (habilitação), e são selecionadas as maiores propostas para cada lote. É, então, iniciada a fase de disputa dos lotes por meio de ofertas sucessivas e progressivas de valores de lances pela Internet. Somente participam da fase de lances na 2ª etapa os proponentes que tiverem apresentado as melhores propostas para cada lote na etapa anterior, ou seja, a proposta de maior valor e as demais que forem até 10% inferiores. A sessão de lances pode ser acompanhada em tempo real pela internet.
Mais informações: (85) 3878.3440 ou 3878-3230

(www.verdinha.com.br)

Anúncios