Apesar do nome, Fortaleza engana. Não é precisamente um fortim“. É com essa expressão que a mídia espanhola vê Fortaleza.  Com grande destaque na mídia da Espanha, as manifestações em todo o Brasil não deixaram de lado as notícias sobre a Fúria. Na capa da versão online do El País, principal jornal da Espanha, o destaque do futebol é para a continuação da Copa das Confederações, mesmo após a sequência de atos no país do futebol.
 
O jornal considerou o Brasil como uma terra “sem controle” a partir de uma manchete do jornal O Globo e afirmou que o Brasil é um suposto gigante “em ebulição que deseja exportar sua imagem e que se comprometeu com todos os eventos que se possa imaginar”. A publicação fala sobre os jogos Pan-Americanos de 2007, Copa das Confederações deste ano, Visita do Papa em julho, a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.
 
Outra preocupação do El País é que a equipe espanhola, que se encontra em Fortaleza desde a última sexta-feira (21), está em uma cidade que, de janeiro a abril, registrou 965 homicídios, em comparação aos números do ano passado, 1.628 assassinatos.
 
A recomendação de agentes de turismo espanhóis é que os hóspedes não se afastem muito da avenida Beira Mar.
 
Já o El Mundo, lembrou o assalto que a atriz Susana Werner, esposa do goleiro Julio Cesar, sofreu no bairro Aldeota.
 
O jornal ABC publicou um vídeo da chegada da Fúria em um hotel na Beira Mar com forte esquema de segurança e na matéria se ateve apenas a preparação do time para enfrentar a Nigéria neste sábado (22).

(Diário do Nordeste)

Anúncios