Torcida quer o Brasil de volta a Fortaleza Foto: Ernesto Carriço / Agência O Dia
RICARDO NAPOLITANO

Ceará – Depois de dar show na partida contra o México, com direito a Hino Nacional cantado à capela, os torcedores de Fortaleza, quem diria, vão se unir para torcer por uma derrota da seleção brasileira neste sábado, diante da Itália. É a campanha “Volta, Brasil!”, que tem ganhado força nas ruas da cidade, de olho na possibilidade de receber Neymar e companhia em uma das semifinais. Para isso acontecer, o time de Felipão precisa terminar em segundo lugar no Grupo A da Copa das Confederações.

Os dois principais jornais da região entraram no clima da torcida e publicaram reportagens na capa de seus cadernos esportivos com a expectativa do retorno da Seleção. “Adeus ou até logo?”, dizia a “Folha do Nordeste”, ao noticiar a ida da equipe para Salvador. “Vai voltar, Brasil?”, publicou o “O Povo”.

Com seis pontos e cinco gols de saldo após duas rodadas, a seleção brasileira só não será primeiro do Grupo A se perder para a Itália, em Salvador. Aliás, o segundo colocado, além de atuar no Castelão, terá muito provavelmente a Espanha, campeã do mundo e da Eurocopa, como rival.

Mesmo cientes de que enfrentar a Fúria antes da grande final no Maracanã não está nos planos da seleção canarinho, os moradores de Fortaleza aderiram à campanha e reconheceram que o melhor resultado, para eles, será a Azzurra levar a melhor para pegar possivelmente o Uruguai, em Belo Horizonte.

“A Seleção tem de voltar para Fortaleza. Aqui o povo recebe o time de braços abertos e passa energia positiva. Não tem essa coisa de vaiar e a gente não vê a hora de torcer pelo nosso País novamente”, disse o garçom Francimar Aguiar.

“A volta da seleção brasileira faz bem até para a nossa economia”, completou o taxista Valdir Cabral.

De fato, Fortaleza, mesmo sendo anfitriã da partida entre Espanha e Nigéria, domingo, ainda aposta nas cores verde e amarela para faturar em seu comércio.

(O Dia)