Mais uma noite de muita animação, com música diversificada para todos os gostos. Esse é o resumo ideal para definir a segunda edição do Botequim dos Bancários, que aconteceu no dia 29/5, véspera do feriado.

O secretário de Cultura do Sindicato, Tomaz de Aquino, anunciou as atrações da noite durante a abertura da segunda edição que iniciou com o jornalista e bancário Thiago de Góes, em um animado bate-papo com o também jornalista Luciano Almeida, no “Conversa de Botequim”.

Além de jornalista e bancário do BNB, Thiago é apreciador da música brega e passou a escrever alguns contos inspirados nesse universo popular. É autor de “Contos Bregas” e “Lobas, Deusas e Ninfetas”, livro de contos inspirados e epigrafados por versos de canções populares. Recentemente, foi lançada coletânea com os melhores contos dos dois livros, intitulada “Contos Bregas – Volume de Bolso”, da editora potiguar Jovens Escribas. Thiago revelou que sempre gostou muito de música. Quando criança, ouvia muito Caetano Veloso, Gil, Gal Costa, Maria Bethânia. Após a adolescência, conheceu a obra de Reginaldo Rossi e se identificou com sua irreverência, passando a pesquisar sobre a música brega e seus intérpretes. “Para mim, essa é a verdadeira música popular”, afirmou.

Em seguida, apresentou-se o talento bancário Wheliton Sabino, do Banco do Brasil, com um repertório da MPB romântica, como Fagner, The Fevers, Roberto Carlos, Roupa Nova, Fernando Mendes, entre outros.

Logo após, o grupo Robson Barros & Banda, comandado pelo empregado da CEF Antonio Robson Barros, tocou um repertório eclético, da música romântica ao forró pé de serra, levantando o público.

Por fim, a noite foi encerrada pela banda Rubber Soul, que trouxe o rock clássico dos Beatles e levantou a plateia com músicas marcantes e históricas da banda inglesa.

Ao final, quatro bancários que se cadastraram no site do Sindicato foram contemplados com o sorteio de vales de R$ 100,00 que foram abatidos nas despesas de cada sorteado.

Bancult – O secretário de Cultura, Tomaz de Aquino, convocou todos os bancários a continuarem se cadastrando no Bancult, banco de talentos do projeto, que visa incrementar a programação do Botequim. Para se cadastrar é simples: basta acessar o link http://www.bancariosce.org.br/bancult.php e preencher o formulário. Uma comissão escolhe a cada edição o talento da noite. “Até agora, a grande maioria dos cadastrados é oriunda de bancos públicos. Queremos ver aqui também os talentos de bancos privados. O Sindicato deseja abrir espaço para todos”, convocou.

Tomaz finalizou anunciando que na próxima edição, no mês de junho, teremos o Botequim Junino. Aguardem a programação nas próximas Tribunas Bancárias e informes da entidade.

(Sindicato dos Bancários do Ceará)
 

Anúncios