Rio – Dez clientes de um bar na esquina das ruas Arnaldo Quintela e Fernando Guimarães, em Botafogo, na Zona Sul do Rio, foram vítimas de uma arrastão, na noite desta sexta-feira. Quatro homens armados levaram quatro bolsas, seis telefones celulares e um cordão de ouro dos frequentadores. Um deles levou uma coronhada na cabeça. Nada foi levado do estabelecimento.

De acordo com o gerente do Restaurante Famiglia Pelluzzo’s, que preferiu não se identificar por medida de segurança, cinco homens chegaram em um Corolla, por volta das 21h45. Um deles ficou na direção do veículo e outros quatro renderam os clientes. Dois bandidos portavam pistolas e outros dois estavam armados com revólveres.

Dez clientes foram vítimas de bandidos

Foto:  Osvaldo Praddo / Agência O Dia

As primeiras vítimas da quadrilha foram cinco homens e três mulheres que estavam em uma mesa do lado de fora do bar. O vendedor de uma concessionária, que fica em frente ao estabelecimento, tentou reagir e levou uma coronhada na cabeça. Os celulares deles e as bolsas delas foram roubados. Um cliente que estava sozinho em uma mesa próxima, também do lado de fora, teve o celular e um cordão de ouro levados. A vítima não identificada foi atendida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Botafogo e depois liberada.

A única vítima que estava dentro do bar ainda tentou segurar a bolsa. “Não percebi a ação, que já tinham assaltado clientes do lado de fora. Segurei a bolsa junto com o ladrão. Quando ele falou que aquilo era uma assalto e vi a arma, soltei. Perdi tudo cartões de crédito, dinheiro, documento e a chave de casa”, disse ainda nervosa a mulher de 44 anos, que retornou ao local após registrar queixa na 10ª DP (Botafogo). Ela é vizinha do bar e também preferiu não se identificar.

Ainda segundo o gerente, cerca de 40 pessoas estavam no bar na hora do assalto. No momento acontecia um show de voz e violão, como todas às sextas-feiras. Muitos clientes ao perceberem a ação conseguiram se esconder ou deixar o bar. “O assalto durou uns cinco minutos. Depois foi um desespero. Muita gente nervosa e chorando”, contou o gerente.

Há três anos trabalhando no local, o responsável pelo bar disse que foi a primeira vez que o estabelecimento foi atacado por bandidos. Apesar do dinheiro do caixa não ter sido levado, ele pensa em contratar um segurança.

Dois arrastões em menos de 15 dias

No dia 23 de abril, outro arrastão assustou os frequentadores de um restaurante na Rua Mena Barreto, também em Botafogo, na Zona Sul. Na ocasião, três bandidos levaram, segundo depoimentos, celulares e relógios dos clientes, além de dinheiro do caixa do estabelecimento. O crime aconteceu às 13h, horário de almoço.

Na época, a Polícia Civil divulgou um vídeo que mostra a ação dos três suspeitos acusados de assaltar o restaurante. Nas imagens, que começam por volta de 7:10, é possível ver que o trio finge que está escolhendo uma mesa no local e, logo em seguida, anuncia o assalto, rendendo um homem e recolhendo pertences das vítimas na mesa. A ação dura cerca de três minutos. As imagens já foram solicitadas pela perícia e estão sendo analisadas.

(Marcello Vitor, O Dia Online)