São Paulo – Em tratamento contra o câncer, o ex-jogador de basquete Oscar Schmidt concedeu entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira. Atendendo os jornalistas em casa, o ídolo não deixou para trás o otimismo e bom humor para falar sobre o assunto. Durante a conversa, o Mão Santa deixou claro que sabe da gravidade da doença, mas que o pensamento é o mais positivo possível

Oscar Schmidt passou por cirurgia para retirada de tumor em abril

Foto:  André Luiz Mello / Agência O Dia

“Esse tumor pegou o cara errado. Não vou deixar ele me matar nem a pau. Estou bem prevenido. Sei da gravidade. Não estou nem aí. Estou trabalhando. A rotina é a mesma coisa. Depois que saí do hospital, tirei os pontos e voltei ao trabalho. Muita gente fala que vai vencer e a maioria não vence, mas eu vou. Mesmo que eu não consiga, mas vou tentar de todos os modos”, disse.

Mesmo com a doença, o ex-jogador demonstrou grande felicidade com alguns dos acontecimentos recentes. Indicado para ocupar lugar no Hall da Fama da NBA, Oscar citou o fato como o mais importante da carreira e festejou o momento.

“Recebi a melhor e a pior notícia este ano, mas não deixei me abater. Em nenhum momento eu chorei. Minha vida foi muito bonita, repleta de coisas boas. Esse é um ano incrível. Essa vai ser a maior vitória da minha vida”, afirmou.

Após cirurgia, Oscar segue realizando tratamento com remédios, quimioterapia e radioterapia. Com duração de cerca de um mês e meio, o ex-jogador será avaliado pelos médicos posteriormente para saber o resultado final do tratamento.

(O Dia Online)

Anúncios