José Carlos Pontes – Grupo Marquise

Um helicóptero caiu, no final da manhã desta quinta-feira (30), em Guaramiranga, a 109 quilômetros de Fortaleza. No acidente, seis pessoas saíram feridas. O helicóptero era conduzido por um piloto, que levava o presidente do Grupo Marquise e familiares para uma propriedade na serra de Guaramiranga. A Polícia investiga as causas do acidente.

Os feridos foram conduzidos para o hospital municipal de Guaramiranga, onde receberam socorros e não correm risco de morte. Mas José Carlos Pontes teve que ser transferido para Fortaleza, onde se submeteu a uma cirurgia para amputação de uma das pernas. Ele está internado no Hospital São Mateus em estado de observação após a amputação da perna, com possibilidade de implante da própria perna, que foi congelada ainda nesta quinta-feira.

Agora há pouco o Grupo Marquise lançou a seguinte nota sobre o acidente: “Grupo Marquise esclarece que, na manhã de hoje (30), o helicóptero que transportava o empresário José Carlos Pontes, controlador do grupo, tombou quando já se encontrava em solo, após o pouso, no município de Guaramiranga. Em decorrência do acidente, o empresário será submetido a uma cirurgia na perna, ainda nesta quinta-feira (30), mas não corre perigo de vida. Todos os demais ocupantes do helicóptero foram prontamente atendidos e também passam bem. Desde já, a família agradece a preocupação de toda a comunidade cearense”.

José Carlos Pontes é dono da Construtora Marquise, do Gran Marquise Hotel, da TV e Rádio Tambaú, Ecofor e uma rede de empresas com atuação na Construção Civil, Ambiental, Finanças, Hotelaria e Comunicação em 17 estados brasileiros.

(Estadão Conteúdo)

Anúncios