Uma das práticas mais comuns em grandes eventos, dentro e fora do Brasil, já começa a atingir os torneios internacionais que o País receberá nos próximos anos. Faltando apenas dois dias para o início da retirada dos ingressos para a Copa das Confederações, o blog Diário na Copa, do Diário do Nordeste, apurou que há sites, não autorizados pela Fifa, revendendo os tíquetes para a competição.

Uma das páginas visitadas pelo blog chega a revender ingressos por até R$ 2 mil. No site, o bilhete Categoria 1 para o jogo Brasil x México, marcado para o dia 19 de junho, na Arena Castelão, em Fortaleza, que é oficialmente vendido por R$ 228, tem uma valorização de 777%

Ainda para a partida entre brasileiros e mexicanos, os ingressos da Categoria 2, que custam R$ 143, chegam a ser vendidos por R$ 1.400; os de Categoria 3, que valem R$ 114, são vendidos por R$ 977,50.

Absurdo ainda maior é encontrado no segundo jogo em solo cearense, entre a atual campeã do mundo, Espanha, e a campeã africana, Nigéria. Lá, verifica-se a disponibilidade de tíquetes Categoria 4. Os bilhetes deste grupo são destinados exclusivamente para estudantes, idosos, obesos, portadores de deficiência e beneficiários do Bolsa-Família.

Alerta

A venda sem o aval da Fifa é proibida e, portanto, há risco de prejuízo e aborrecimento para quem adquiri-los, além da grande possibilidade de ser barrado no estádio ou sequer conseguir retirar os ingressos.

Por telefone, a Match Services, única empresa credenciada pelo Fifa Ticketing Centre (FTC) para vender ingressos, informou que a ação de outras empresas ou particulares em revender ingressos sem a autorização da entidade é contra a lei.

“É furada. É golpe, não é permitido. Os assentos serão marcados e os ingressos virão com o nome dos compradores”, informou o representante da empresa. Já no site da Fifa, a entidade afirma que “é proibido colocar à venda, revender, doar, ou transferir entradas de qualquer outra forma sem o consentimento prévio e por escrito da Fifa”.

Pena

O Estatuto do Torcedor prevê pena de até dois anos de prisão para quem “vender ingressos de evento esportivo, por preço superior ao estampado no bilhete” e de até quatro anos para quem “fornecer, desviar ou facilitar a distribuição de ingressos para venda por preço superior ao estampado no bilhete”.

A Lei Geral da Copa, em seu artigo 16, também estipula sanções civis a quem incorrer na prática popularmente conhecida como “cambismo”.

Retirada de ingressos no CEC começa amanhã

A Copa das Confederações se aproxima e, a partir de amanhã, os torcedores começarão a sentir o gostinho de acompanhar um dos principais torneios de seleções um pouco mais de perto. Isso porque a Fifa começará a entregar os ingressos para a competição nesta quarta-feira.

As pessoas que compraram bilhetes para os jogos em qualquer parte do Brasil, poderão recolher suas entradas em qualquer um dos seis Centros de Ingressos da Fifa nas cidades-sede. Em Fortaleza, a retirada ocorrerá no Centro de Eventos do Ceara (CEC), Portão C, localizado na avenida Washington Soares nº 999, Edson Queiroz.

A fim de agilizar e facilitar ao máximo o processo de retirada dos tíquetes, a entidade sugere que o torcedor agende o dia em que irá buscar os bilhetes através do cadastro e selecione uma data para fazer a coleta. Assim, os ingressos serão impressos com antecedência e o comprador ainda terá uma fila preferencial, facilitando e otimizando o tempo para ter em mãos as entradas para a Copa das Confederações.

Adriano Queiroz
Da Redação Web, Diário do Nordeste